Cerca de 60 mil fieis participam de romaria ao Frei Bruno em Joaçaba

Cerca de 60 mil pessoas participaram da 22ª Romaria Penitencial a Frei Bruno na manhã deste domingo em Joaçaba, no Meio-Oeste catarinense. Demonstrações de fé e pedidos de bênçãos se espalharam pelos 3,5 quilômetros de caminhada.

Os romeiros saíram por volta das 8h da Catedral Santa Terezinha e seguiram até o Cemitério Municipal Frei Edgar, onde foi realizada uma missa campal. O túmulo do franciscano foi local de orações.

Diversos fieis acenderam velas e também rezaram pela beatificação de Frei Bruno. Isso porque um processo para o reconhecimento da santidade do frade foi aberto no ano passado e, nesta edição da romaria, postuladores católicos do Vaticano acompanharam a caminhada.

Para os religiosos, as demonstrações de fé popular são um grande passo para o andamento do processo. As próximas fases, que podem tornar Frei Bruno beato, incluem conversas com pessoas que dizem ter recebido milagres.

Depois disso, serão analisadas as biografias e uma oração criada especialmente para o pedido de beatificação. Não há prazo para que a Igreja Católica se pronuncie sobre a possível santidade de Frei Bruno.

Os fieis que participaram da romaria, vindos de diversas partes do país, também aproveitaram para visitar o Monumento Frei Bruno, que também fica em Joaçaba. A estatua dedicada ao religioso tem 37 metros de altura e é um dos maiores monumentos do país.

DIÁRIO CATARINENSE